quinta-feira, 5 de maio de 2011

Gente como a Gente (Ordinary People) 1980



                         CONRAD
             Não admire demais as pessoas, elas 
             podem desapontá-lo.


Sinopse
Um homem tenta manter sua família unida apesar de sua esposa culpar o filho mais jovem pela morte do seu primogênito e da culpa que o filho carrega em ter falhado em salvar o irmão.


Direção: Robert Redford


Roteiro: Alvin Sargent da novela de Judith Guest. 


Elenco: Donald SUtherland (Calvin), Mary Tyler More (Beth), Judd Hirsch (Berger), Timothy Hutton (Conrad), entre outros.


Comentários
Este filme é bastante comentado em livros de roteiro por causa da construção psicológica de seus personagens. É claro que o psicológico aqui não se atém a academicismos simplesmente dizendo que fulano tem uma neurose, ou beltrano é psicótico ou sofre desta ou daquela síndrome de nome estranho. Tanto a autora do livro como os roteiristas tiveram especial cuidado em abordar os comportamentos e atitudes de seus personagens, o que foi bem compreendido pelos atores e pelo público.


A grande dificuldade do roteiro é tratar da angústia de cada de modo expressivo e não subjetivo, o que o roteiro consegue colocando os personagens em situações concretas onde seus problemas psicológicos se exteriorizam em seus comportamentos; Conrad não consegue mais treinar natação, uma vez que seu irmão morreu afogado e ele se culpa por não ter conseguido salvá-lo. 


A morte de um filho e a culpa do outro faz com que Beth tenha dificuldade em aceitar que Conrad não teve culpa na morte de seu irmão, o que gera uma forte repulsa de Beth pelo próprio filho e em certa medida até mesmo pelo pai, Calvin. 


No entanto, Calvin procura e consegue superar a dificuldade de se relacionar com Conrad. Conrad por sua vez, também através de muito esforço, consegue superar sua própria culpa, o que Beth infelizmente não conseguirá, e não sendo capaz de mudar e se transformar, abandonará a família.


3 comentários:

Antunes disse...

Adoro este filme. É daqueles que eu li o livro e assisti o filme e não comprei a camisa porque não tinha para vender. Li o livro da Biblioteca Pública, anos depois comprei um usado na rede. O filme já até mandei email para a Paramount brasileira pedindo para lançarem por aqui em DVD, eles me responderam que não tem planos de lançar e tive de baixar mesmo.
É legal ver como embora o personagem principal seja o Timothy Hutton, que faz o Conrad, é o Calvin interpretado por Donald Sutherland que faz o arco e muda no final do filme. Um filme maravilhoso baseado num livro bom e com um roteiro de um verdadeiro mestre, o Alvin Sargent, que nunca foi reconhecido como tal.

Antunes disse...

Uma boa nova, enfim "Gente Como a Gente" vai ser lançado em DVD. Já está em pré-venda.

Daniel disse...

Ontem vi o Homem Aranha 2, que tem o roteiro do Sargent, impressionante como o filme tem as "marcas" dele.