quinta-feira, 29 de abril de 2010

High Concept definido de uma vez por todas



High Concept é um termo que tem sido confundido, mal compreendido e mal utilizado pelos escritores ao longo das décadas. O senso comum diz que qualquer filme pode ser sintetizado em uma frase. Mas, por exemplo, um homem que luta contra sua esposa pela custódia de seus filhos é uma sentença, e está muito longe de ser um High Concept.

Outros definem High Concept como o “cruzamento de um filme com outro”.  No filme,  O Jogador, de Robert Altman, os escritores apresentam seu projeto para um produtor como uma mistura entre Out of Africa e Pretty Woman.  Isso não é o High Concept de um filme. O que eles usaram foi uma definição técnica antes de fazer o pitching, preparando o ouvinte para o que está por vir. Você cruza dois filmes bem conhecidos e que estejam próximos do material que você irá apresentar para o produtor ter alguma idéia de onde você quer chegar. Essa é uma técnica de pitching comum, mas não é um High Concept.

Idéias de histórias, tratamentos e roteiros até podem ter premissas como High Concept. Mas só projetos genuinamente High Concept  podem ser vendidos em um pitching, pois eles são destinados a isso. Projetos Não High Conception não podem ser vendidos em um pitching por que são muito mais complexos. Eles têm que ser analisados com mais profundidade, geralmente por seu apelo não ser óbvio para alguém que simplesmente dê uma olhadela numa logline. Esta é a razão pela qual filmes como “Pulp Fiction”, “Star Wars” e “Sideways” nunca poderiam ser vendidos a partir de um pitching.

Na minha definição de High Conception, você fala sobre a premissa de sua história, não o que acontece em Atos 1, 2 e 3.  A premissa, ou o logline é o núcleo do High Concept.

Minha definição de High Concept é composta por cinco elementos fundamentais, sendo todos obrigatórios, estando os cinco por ordem crescente de importância. Portanto, o Um e o Dois são os mais importantes, bem como os mais difíceis. Encontrar apenas algumas das exigências não é suficiente. Todas as cinco condições devem ser cumpridas para obter sucesso com aqueles que podem se interessar pelo mesmo.


REQUISITO 1 - Sua premissa precisa ser original e única

Uma logline tem de uma a cinco sentenças, numa média de três. Portanto, você precisa apresentar seu material de forma comprimida e econômica que capture a essência de sua história e mostre a sua originalidade. Muitas das minhas apresentações são uma ou duas longas sentenças. Cada escritor deveria praticar suas apresentações ou trabalhos da maneira mais compacta possível, em apenas uma frase. Isto vale tanto se sua história for High Concept ou não.

Na busca por originalidade nós não estamos falando sobre inventar a roda. Podemos pegar um assunto tradicional, que já fora tratado antes e adicionar um novo gancho ou torcê-lo para que se transforme em algo original. Vejamos o tema do seqüestro, havia dezenas de filmes que tratavam deste assunto antes. No filme Ransom, Mel Gibson interpreta um empresário rico, cujo filho é seqüestrado. Essa história em si não oferece nada de novo. A originalidade do filme é que em vez de pagar o resgate, Gibson pega o dinheiro e contrata alguém para pegar os seqüestradores. Isso “torce” a idéia original deixando original, portanto, High Concept.

Permanecendo no gênero de rapto, a comédia Ruthless People segue o mesmo padrão. Danny DeVito interpreta um homem rico cuja esposa, interpretada por Bette Midler, é raptada. Desafiando convenções, o personagem de DeVito se recusa a pagar o resgate, porque ele odeia sua esposa e vê com o seqüestro uma grande oportunidade de finalmente livrar-se dela. Agora, os seqüestradores ficam com uma mulher impossível e não tem idéia do que fazer com ela. Novamente, é esta virada original que faz o High Concept.


REQUISITO 2 - Sua história tem de ter apelo de público de massa

Isto quer dizer que pode ser possível criar uma história que atenda ao requisito um, uma história original que nunca tenha sido pensada antes. Mas esta história pode ser tão estranha que o recurso só exista na mente do escritor que a criou, e de ninguém mais.

Um exemplo seria a história de uma menina que acordou uma manhã e transformou-se em uma borboleta, e voou para a terra de Shangri-La. Isso nunca foi feito antes, mas quem se importaria? Apelo de massa significa que nove em cada dez pessoas pagaria dez dólares para ver seu filme vendo apenas uma pequena apresentação. Você precisa decidir se você está escrevendo para o seu próprio prazer ou se você está escrevendo para vender. Sé é para vender, então você tem que levar em conta o mercado.

REQUISITO 3 - Sua apresentação deve ter uma história específica.
Isto quer dizer que em sua apresentação você deve ter detalhes específicos que fazem sua história ser diferente e que adicione cor e profundidade a mesma.  Vamos pegar uma trama de assalto a bancos. Se você apresenta uma história sobre três pessoas querendo roubar um banco, cavando um túnel embaixo dele, a resposta seria; e daí? A mudança que poderá dar originalidade ao seu filme e deixá-lo em grande estilo. Pode ser, por exemplo, sobre três velhinhos que tentam roubar um banco. O motorista do bando tem sua habilitação revogada, o observador é deficiente visual e o cérebro do bando é Georg Burns, de setenta e cinco anos. Estes detalhes específicos valorizam a história e a mantém longe de ser velha e genérica.

REQUISITO 4 - O potencial deve ser óbvio

Se você está apresentando uma comédia, então o potencial de humor deve ser óbvio em sua apresentação. Pessoas devem rir e gargalhar quando você as conta. Se você está apresentando um filme de ação, o ouvinte deve ser capaz de imaginar a cena de ação em sua cabeça como você as apresenta. Eu vendi um projeto à Miramax chamado My Kind of Town com os irmãos Wayans indicados para estrelarem. É sobre dois caras que querem começar uma nova vida. Eles pegam um carro pequeno e se vão, sem um destino particular. Próximos de uma cidade do sul dos EUA eles entram na mesma para comprar um mapa, e na prefeitura, o teto cai sobre suas cabeças. Eles ganham um processo contra a cidade, mas a cidade não poderá pagá-los se eles não se mudarem para a cidade. O potencial de humor é bastante claro quando entregamos os irmãos Wayans a uma cidade do sul para fazerem com eles o que quiserem.

REQUISITO 5 - Sua apresentação deve ter de uma a três sentenças longas.

As apresentações não devem ser longas, você não deve ultrapassar cinco ou seis sentenças. Você não deve dizer o que acontece nos atos 1,2 e 3, a menos que você seja convidado a fazê-lo mais tarde. Você está dando a premissa de sua história. Já passei dias moldando meu logline, tentando incluir tanta informação em tão poucas palavras quanto possível.

Eu já tive milhares de projetos arrojados apresentados para mim em mais de vinte anos e os escritores pensam erradamente em deixar para mais tarde o melhor da história. Mas ninguém quer ouvir um discurso de uma hora enquanto eu poderia ler o roteiro em menos tempo. Digo aos escritores para apresentarem-me a história em duas frases. A maioria não consegue, pois não conhecem os cinco requisitos e lhes falta capacidade de condensar e preparar devidamente seus pitchings com antecedência.
Quando for apresentar seu pitching diga sobre o quê sua história é, não sobre o que acontece na história. Você não pode começar sua apresentação com: “Minha história é sobre uma mulher de 26 anos chamada Jill, que vivem em Chicago. Ela é infeliz em sua vida. Ela vai para seu escritório onde confronta seu chefe. Ela demite-se, então vai para casa e briga como namorado”. Isso não é um pitching é um desdobramento chato da história e o que você tem de evitar a todo custo.

A reação que você quer ouvir é “Uau! Por quê eu nunca pensei nisto antes?” ou, “Isso é tão bom por quê ninguém fez este filme antes?”, “Quando os rostos brilham no ambiente depois de você se apresentar, você sabe que os têm. Esta é a sacada, quando você “pega na veia”. É isto que a idéia de High Concept quer dizer.

-------------------------------------------------------------------
Steve Kaire já vendeu (optioned) oito projetos para as majors, incluindo Warner, Columbia, United Artists e Interscope sem representação. Ele tem sido destaque em diversas publicações da indústria e é um orador procurado no circuito de palestras. Ele também lesionou aulas no American Film Institute.

Se quiser consultar o link original, clique AQUI.


Nenhum comentário: